quinta-feira, 31 de março de 2016

Meus 7 pecados capitais (11 anos depois)

Onze anos atrás, fiz essa postagem. Ela consistia de responder determinadas perguntas agrupadas em cada um dos 7 pecados capitais, por acaso me peguei relendo isso e resolvi ver como eu mudei nessa última década:

Capitulo Um: A IRA

1. Quem foi a última pessoa que te deixou irado? Apesar de irado não ser a melhor descrição, até que se aproxima, que me irritou profundamente foi uma colega de classe;
2. Se pudesse escolher uma arma, qual seria? - Um arco inglês!
3. Você bateria em alguém do sexo oposto? - Não, a princípio não...
4. E que tal do mesmo sexo? - Certamente...
5. Qual foi a ultima pessoa que ficou irada com você? - Provavelmente, minha esposa.
6. O que te irrita profundamente? - Gente que se faz de doido.
7. Você guarda ressentimentos? - Raramente.

Capitulo Dois: A PREGUIÇA

1. O que é algo que você tem que fazer diariamente e você não faz há muito tempo? - Me dedicar ao Mestrado.
2. Qual foi a hora mais tarde que você já levantou? - Depois do almoço.
3. Uma pessoa que você deveria entrar em contato, mas nunca entra - Meus amigos em geral.
4. Qual foi a última desculpa esfarrapada que você deu? - Mas eu já te enviei esse email, tem certeza que não foi parar no Junk Mail?
5. Você já assistiu um programa chato e longo só porque não queria se levantar? - Não que eu me lembre.
6. Quando foi a última vez que você se exercitou pra valer? - Jogo futebol todas as terças à noite.
7. Quantas vezes você apertou "snooze" no seu despertador hoje? - Hoje, nenhuma.

Capitulo Três: A GULA

1. Qual sua bebida favorita? - Coca-cola
2. Pra quem come carne - carne branca ou vermelha? - Vermelha! Picanha!
3. Qual a maior quantidade de bebida que você já consumiu em uma noite? - Tomo muito refrigerante o tempo todo...
4. Você já teve ajuda profissional pra dietas? - Não... dieta, o que é isso?
5. Você gosta do seu peso atual? - Gosto, mas preciso aumentá-lo em 2 ou 3 quilos.
6. Você prefere comidas picantes, doces ou salgadas? - Doces e salgadas.

Capitulo Quatro: A LUXÚRIA

1. Quantas pessoas nuas você já viu pessoalmente (não conta amigos ou familiares)? - Nunca vi nenhum inimigo meu nu.
2. Quantas pessoas já te viram nu(a)? - Não sei, ninguém sabe quem pode estar olhando né?
3. Você já se pegou olhando pra alguma área do corpo que não devia enquanto conversava com um membro do sexo oposto? - Sim, diversas vezes.
4. Uma pessoa famosa do sexo oposto que te atrai muito - Cara, são tantas...
5. Qual a parte preferida no corpo de alguém do sexo oposto? - Tudo! O corpo feminino é uma coisa muito perfeita.
6. Já pagou uma prostituta? - Não e nem dei calote também.
7. Já fez teste de DST? - Já, deu negativo.

Capitulo Cinco: A AVAREZA

1. Quantos cartões de credito você tem? - Um.
2. Qual a loja cara que você adora? - Me ligo mais nas marcas e menos nas lojas.
3. Se tivesse 1 milhão faria o que? - Gastava, rápido.
4. Prefere ser rico ou famoso? - Rico.
5. Aceitaria um emprego chatinho que pagasse uma grana preta? - Sim, sairia em algum tempo.
6. Já roubou algo? - Sim, batom garoto das Lojas Americanas.
7. Quantas MP3s você tem no seu computador? - Tenho poucos, Spotify dominou meu jeito de ouvir música, mas ainda tenho bastante CD's.

Capitulo Seis: O ORGULHO

1. O que você já fez na vida que te deixou muito orgulhoso de si mesmo? - Quase tudo que faço me deixa orgulhoso de mim.
2. O que você fez que deixou seus pais orgulhosos de você? - Não sei bem, talvez quando passei no mestrado.
3. O que você quer na vida? - Ser feliz resume tudo.
4. Fica com raiva se chegar em segundo lugar? - Muita raiva...
5. Já entrou num concurso sabendo que tinha um potencial muito maior que o dos outros competidores? - Sempre acho isso.
6. Já colou em alguma prova pra ganhar uma nota maior? - Nunca, mas ninguém acredita.
7. O que você fez hoje que te faz sentir orgulho de si mesmo? - Amizade.

Capitulo Sete: A INVEJA

1. O que um amigo(a) seu tem que você sente inveja? - Não tenho inveja dos meus amigos.
2. Você gostaria de trocar de lugar com alguém? - Às vezes sim.
3. Se você pudesse ser qualquer pessoa no universo, quem seria? - Não sei.
4. Já foi traído? - Sim.
5. Já quis ter alguma característica física diferente de algo que você tem? - Sim, quando era criança, queria ter asas.
6. O que na personalidade dos outros você queria ter? - Estou satisfeito com minha personalidade.
7. Você está com raiva porque não foi você que criou essa pesquisa? - Não, nunca criaria algo assim, mas achei legal.
8. Qual é seu pecado capital favorito? - A Luxúria.

quinta-feira, 24 de março de 2016

Reality

Reality can be as cruel as any piece of fantasy. In fact, reality is more hard than almost any piece of the most dirty of fantasy.

Reality can smash your senses and you will suffer and suffer until you getbused to that, and so Reality will became harder.

But there is an alternative. You can just insert a little piece of fantasy in your reality.

quinta-feira, 17 de março de 2016

Catching up



For some time I have not written here. Longer than I would like . I have many news and don't know where to start. Let's try:

- Finally I got my spot in the Masters / PhD program. The work just starts now;

- I handed in my paper for the MBA in Production Engineering;

- I returned to UEMA , I want to finish my degree in Biology;

- The "Papaya Orange" continues , despite suffering ;

- I wrote and published my first story on Wattpad ( later, I put the link here) ;

- A new project touched my heart: the podcast "Edição Rápida", I will talk about it next time;

As you notice, I'm trying to write in english, please, help me to improve adding coments with tips and corrections (I'll be pleased).

Best regards!

quarta-feira, 7 de outubro de 2015

Sobre educação e bom senso...

E aí que você tem como input para o desenvolvimento do seu trabalho uma 'receita' que vem de um médico.

"A realização do ato médico se completa com a prescrição médica. O seguimento dos princípios básicos do relacionamento médico-paciente transfere ao paciente segurança e, consequentemente, aderência à prescrição. Faz-se necessário, contudo, transparência na prescrição, com esclarecimentos e disponibilidade do profissional para possíveis reações adversas. Ressalte-se que a falta de conhecimento sobre os medicamentos coloca em risco a saúde do paciente e a credibilidade do profissional."

Nada mais natural que este documento seja alvo de controles e padronizações. Entre outras normas: 

Letra de Médico (Código de Ética Médica): É vedado ao Médico: Art.39 – Receitar ou atestar de forma secreta ou ilegível, assim como assinar em branco folhas de receituários, laudos, atestados ou quaisquer outros documentos médicos.

Daí:


Lamentável.

Ao menos, as respostas que li por aí foram educadas e na medida certa.




terça-feira, 29 de setembro de 2015

Vibe...



Taí uma palavra que acho que nunca falei em voz alta "Vibe". Até mesmo por que, na tradução mais óbvia, eu só consigo imaginar o uso de 'vibração' em coisas com um exercício de Física.

Ou então em um gol, uma ultrapassagem, ou quando se acha 100 reais dentro da máquina de lavar.

'Vibe'.

Taí uma palavra estranha.

Mas a 'Vibe' desse segundo semestre está estranha...parece que é um calmaria anunciando a tempestade. Parece 2014. Medo.